Congregação Israelita Beit Itabuna - BA: Kipá - Razões para o uso \ Por que usar

Kipá - Razões para o uso \ Por que usar

O Uso da Kipá é Bíblico? – Parte I
Por Edward Levi Nydle
1 - Introdução
Nos últimos meses tem havido grande controvérsia sobre a questão do uso da kipá pelos homens nas congregações messiânicas e nazarenas. Alguns alegam que a kipá é apenas uma tradição determinada pelo Talmud ou pela tradição judaica, enquanto outros, como eu, acreditam que, é permitido e, em alguns casos até instituído, pelo Eterno, que homens cubram suas cabeças em oração ou adoração. Este é um estudo do hebraico e do aramaico na Torá e nos Ketuvim Netsarim (Novo Testamento) respectivamente para defender o uso da kipá. Deixe-me apenas esclarecer uma coisa: A COBERTURA DA CABEÇA NÃO PRECISA OBRIGATORIAMENTE TER O FORMATO DE UMA KIPÁ TRADICIONAL
2 - No Princípio
Vamos voltar ao Princípio, em Bereshit (Gênesis) 1:26 onde o Eterno criou o homem à Sua imagem e semelhança. Originalmente o homem era coberto das vestes de luz (or) e glória (kavod) por majestade e esplendor, tal qual proclamado em Tehilim (Salmos) 104:1-2: "Eterno D-us meu, tu és magnificentíssimo; estás vestido de glória e de majestade. Ele se cobre de luz como vestes...". Sabemos disto por causa da palavra "nu" no hebraico em Bereshit (Gênesis). Antes da queda do homem, a palavra "arom" é usada em Bereshit (Gênesis) 2:25, o que indica um estado de nudez parcial. Já depois da queda, a palavra usada em Bereshit (Gênesis) 3:7 é a palavra 'erom', que significa no hebraico uma nudez completa. Algo aconteceu ao homem quando ele caiu. Ele perdeu a "cobertura" que tinha recebido do Eterno na criação. E o Eterno o vestiu em Bereshit (Gênesis) 3:21 com uma roupa substituta que Ele mesmo fez.
Atualmente, estamos em semelhança à carne do pecado (Romanos 8:3) e não ao Eterno. Não somos mais perfeitos como Ele nos ordenou sermos (Matitiyahu/Mateus 5:48) por causa da queda. SOMENTE YESHUA É ATUALMENTE IMAGEM E SEMELHANÇA DO ETERNO (1 Cor. 11:7; 1 Cor. 15:49; Rom. 8:29). Na ressurreição, nasceremos de novo em Sua imagem e semelhança, como filhos de Elohim - O Único e Verdadeiro, depois de deixarmos de lado esta carne pecaminosa e corruptível e nos vestirmos com um corpo incorruptível como o de Yeshua.
3 - Moshe, Nosso Exemplo
Um de nossos grandes exemplos na Torá é o de Moshe Rabeinu (Moisés, nosso professor). Em Shemot (Êxodo) 3:4-5, o Eterno ordena a Ele que remova as sandálias pois ele estava em solo santo. Moshe, sendo um pastor no deserto de Midian certamente usava algum tipo de cobertura na cabeça para protegê-lo do sol escaldante e do calor, mas o Eterno NÃO ordenou que ele removesse a cobertura da cabeça ao entrar em Sua presença.
Depois do êxodo do Egito, o Eterno disse a Moshe que separasse os primogênitos como cohanim (sacerdotes) a Ele (Shemot/Êxodo 13:1-2, 19:3-24, 24:4-8). Isto mudou após o incidente do bezerro de ouro e o Eterno escolheu os filhos de Levi para serem cohanim uma vez que os primogênitos haviam pecado contra Ele. Eles se desqualificaram do ofício de sacerdote por causa da idolatria. O Eterno os ordenou que removessem os "ornamentos" no Monte Horev. A palavra aqui é 'adi', que significa adorno, correia, coroa ou cobertura para a cabeça. Ao remover a 'cobertura para a cabeça' deles, o Eterno os removeu do ofício de sacerdotes. A "glória, honra e esplendor" foram removidos deles e dados à tribo de Levi. Ao sacerdócio levítico/aarônico foi comissionado ministrar diretamente ao Eterno no Mishcan (Tabernáculo) - vide Shemot (Êxodo) 28:1 e Bamidbar (Números) 8:16
4 - Vestes Sacerdotais
As vestes sacerdotais foram dadas aos cohanim (sacerdotes) e aos levi'im (levitas) para "glória e ornamento". (Shemot/Êxodo 28:2). Também lemos em Yeshayahu (Isaías) 61:3-7: "...vestes de louvor... Porém vós [TODO ISRAEL, e não somente os levi'im] sereis chamados sacerdotes do Eterno, e vos chamarão ministros de nosso D-us...lugar da vossa vergonha [ou nudez]". No Reino do Eterno, todo Israel será feito sacerdotes a Ele, conforme dito em Shemot (Êxodo) 19:6. Creio que estes são os B'nei Tsadok (Filhos da Justiça) em Yecheskel (Ezequiel) 44:15 e Apocalipse 20:6. De acordo com os Ketuvim Netsarim (Novo Testamento), somos todos sacerdotes AGORA (1 Kefá 2;5; Ap. 1:6). Como sacerdotes, o Eterno nos deu vestes para cobrir nossa "nudez" e refletir a Sua glória, esplendor e beleza: o talit e a cobertura da cabeça.
5 - Cobertura Para as Cabeças
A palavra usada em Shemot (Êxodo) 29:9 e 39:28 para se referir à peça de vestuário usada pelos cohanim (sacerdotes) como parte de suas vestes é migbaá.
A palavra 'migbaá' deriva da palavra 'Gueba', que por sua vez vem de uma raíz léxica pouco usual: 'Guebia'. Esta raiz significa algo convexo, um cálice de uma flor, um copo ou tigela. O Dicionário Bíblico "The Interpreter" volume 1 página 532 diz (e aqui traduzimos que: "o chapéu de um sacerdote era um objeto cônico de linho aveludado que era preso à cabeça do sacedote como SINAL da sua investidura. O chapéu era um item peculiar das vestes sacerdotais". Pelo que vemos do significado hebraico da palavra, associado à descrição dada por este dicionário, concluímos que os cohanim (sacerdotes) usavam uma cobertura convexa e aveludada no serviço ao Eterno. Não é difícil perceber que este 'design' é extremamente semelhante ao da kipá moderna!
A mitra (ou turbante oficial) do Cohen Gadol (Sumo Sacerdote) é chamada no hebraico de mitsnefet. De acordo com Philo e com Josefus era uma cobertura tradicional de um sacerdote porém com um turbante azul escuro por cima. Josefus (Antiq. 111.7.3,6) diz que a cobertura de cabeça dos sacerdotes era feita dobrável e por isto se tornava como uma kipá atual. O comentário de Clarke, vol. 1, página 445 nos diz que "mitsnefet vem da raiz 'enrolar' (tsanaf) ou envolver, e evidentemente signifca o mesmo que a cobertura de cabeça tão usual nos países do oriente, à qual chamamos de turbante..' Nota: apenas o Cohen Gadol (Sumo Sacerdote) usava turbante ou mitra, enquanto os cohanim (sacerdotes) regulares usavam algo semelhante a uma kipá!
Os Ketuvim Netsarim (O Novo Testamento) dizem que somos sacerdócio santo (isto é, separado) oferecendo sacrifícios espirituais ao Eterno (1 Kefá 2:5). Não deveríamos então ter algum tipo de cobertura para a cabeça ao ministrarmos como sacerdotes perante o Eterno?
Lembrem-se: estamos falando apenas da Torá, e não de tradição ou mesmo do Talmud.
O interessante é que, de acordo com a Torá, o Cohen Gadol (Sumo Sacerdote) jamais poderia descobrir sua cabeça, mesmo quando lamentando pelos mortos (Lev. 21:10-11). Yeshua é o nosso Sumo Sacerdote segundo a ordem de Malki-Tsedek (Ivrim/Hebreus 6-8, Tehilim/Salmos 110:4-6). Não é difícil de imaginar que Ele use uma cobertura de cabeça ao ministrar como nosso Sumo Sacerdote no Mishcan (Tabernáculo) celestial.


6 - O Noivo
Yeshayahu (Isaías) 61:10 diz: "...como um noivo se adorna com turbante sacerdotal..." Aqui a palavra que é traduzida erradamente como turbante é pe'er, que significa 'embelezamento', isto é, uma bela cobertura de cabeça. Repare que este verso diz que o noivo usa uma cobertura de cabeça no seu casamento! Yeshua está voltando como NOIVO para casar-se com Israel depois da tribulação, e para as bodas de casamento do Cordeiro. Não é difícil supor que Ele estará usando uma cobertura na cabeça.
7 - O Rei David
David HaMelech (O Rei David), um homem segundo o coração do Eterno, estava adorando com a cabeça coberta quando suas orações foram atendidas. Em II Sh'muel 15:30-37, David foi ao monte das oliveiras (exatamente como Yeshua fez posteriormente) chorando, descalço, e com sua cabeça coberta. E TODOS cobriram suas cabeças e subiram chorando... e David disse: "Ó Eterno, oro a Ti..." David estava buscando a face do Eterno, pedindo por socorro. E ele estava orando com a cabeça coberta. Se o Eterno o atendeu, então por que alguns condenam o uso da cobertura da cabeça?
8 - O Livro de Daniel
Chananiyah, Mishael e Azrariyah foram três judeus levados cativos a Bavel (Babel/Babilônia) entre 598 e 582 AC. Daniel e estes três judeus serviram na corte de Nabucodonosor. Eles SE RECUSARAM a se contaminarem com o paganismo de Bavel (Babel/Babilônia). Em Daniel 3:21, vemos que eles SE RECUSARAM A SE PROSTRAREM perante os deuses e costumes da região e foram jogados na fornalha ardente com sua 'Karbalá'. Esta palavra aramaica também significa 'cobertura de cabeça' ou turbante. Vemos então claramente que a kipá NÃO É um costume babilônio como alguns alegam. Sabemos que os babilônios usavam chapéus ou turbantes em seu dia-a-dia, mas isso não significa que os judeus importaram o costume deles. Aqui vemos claramente que os judeus JÁ USAVAM COBERTURA DE CABEÇA ANTES. Sabemos também que no Oriente Médio muitos homens usam cobertura de cabeça. Ou seja, os judeus levaram este costume ao exílio em Bavel (Babel/Babilônia). Eles não aprenderam este costume lá.
Yechezkel (Ezequiel), que profetizou um pouco antes do cativeiro, recebeu uma ordem do Eterno para por o seu "turbante" na cabeça em Ez. 24:15-17 e novamente em 20-23!



 PALAVRAS RELACIONADAS | ***Nuvem de Palavras***

KIPÁH | KIPÁ | Kipah| kipah \ as razoes para usar | usar kipa na cabeça | Cobertura de Cabeça| costume Judaico| costumes judaicos | costume israelita | costumes Israelitas | costume de Israel | costumes d e Israel | nacao judaica e seus costumes | israel naçao dos costumes do Eternos | costumes para lembrar do Eterno  | costumes passados de geraçao em geraçao | de pai pra filhos | Costumes judaicos pelo mundo | israel ensina seus filhos o caminho que devem andar | O Eterno  ADONAy guia teu povoKIPÁH | KIPÁ | KIPAH| KIPAH \ AS RAZOES PARA USAR | USAR KIPA NA CABEÇA | COBERTURA DE CABEÇA| COSTUME JUDAICO| COSTUMES JUDAICOS | COSTUME ISRAELITA | COSTUMES ISRAELITAS | COSTUME DE ISRAEL | COSTUMES D E ISRAEL | NACAO JUDAICA E SEUS COSTUMES | ISRAEL NAÇAO DOS COSTUMES DO ETERNOS | COSTUMES PARA LEMBRAR DO ETERNO  | COSTUMES PASSADOS DE GERAÇAO EM GERAÇAO | DE PAI PRA FILHOS | COSTUMES JUDAICOS PELOKIPÁH | KIPÁ | KIPAH| KIPAH \ AS RAZOES PARA USAR | USAR KIPA NA CABEÇA | COBERTURA DE CABEÇA| COSTUME JUDAICO| COSTUMES JUDAICOS | COSTUME ISRAELITA | COSTUMES ISRAELITAS | COSTUME DE ISRAEL | COSTUMES D E ISRAEL | NACAO JUDAICA E SEUS COSTUMES | ISRAEL NAÇAO DOS COSTUMES DO ETERNOS | COSTUMES PARA LEMBRAR DO ETERNO  | COSTUMES PASSADOS DE GERAÇAO EM GERAÇAO | DE PAI PRA FILHOS | COSTUMES JUDAICOS PELO KIPÁH | KIPÁ | KIPAH| KIPAH \ AS RAZOES PARA USAR | USAR KIPA NA CABEÇA | COBERTURA DE CABEÇA| COSTUME JUDAICO| COSTUMES JUDAICOS | COSTUME ISRAELITA | COSTUMES ISRAELITAS | COSTUME DE ISRAEL | COSTUMES D E ISRAEL | NACAO JUDAICA E SEUS COSTUMES | ISRAEL NAÇAO DOS COSTUMES DO ETERNOS | COSTUMES PARA LEMBRAR DO ETERNO  | COSTUMES PASSADOS DE GERAÇAO EM GERAÇAO | DE PAI PRA FILHOS | COSTUMES JUDAICOS PELO mundo

Shalom Amigos! Receba Novidades Por email!

DIGITE SEU EMAIL

Após a inscrição confirmar na sua caixa o e-mail recebido !

 
© 2009 BEIT ITABUNA