Congregação Israelita Beit Itabuna - BA: Casamento no Judaismo

Casamento no Judaismo

No Judaismo, o casamento é chamado de NISSUIN, que significa elevação, e também de KIDUSHIN, que Quer dizer santificação. De acordo com a Torah, o casamento não é apenas uma convenção social, uma concessão aos nossos instintos ou algo necessário para a procriação. pelo contrário, ele constitui um meio de elevação espiritual e um canal de santificação. Já diziam nossos Sábios que uma pessoa só é completa quando está casada. Até o homem mais elevado, o Cohen Gadol (sumo sacerdote), única pessoa a ter acesso a câmara sagrada do Kodesh Hakodashim (Santo dos Santos), e mesmo assim no dia de Yom Kipur (dia do perdão), tinha obrigatoriamente de ser casado. Isso demonstra que o casamento é uma condição indispensável para o ser humano alcançar a plenitude e a realização espiritual. Dentro desse local, o mais sagrado no Templo, encontrava-se a Arca que continha a Torah e as tábuas da lei. Assim deve ser o casamento: a casa é um Santuário, o lar é um Templo, ao qual marido e mulher, apoiados nas orientações da Torah e das Mitzvot, atraem a presença Divina. A família representa o que há de mais sagrado no Judaísmo. Para tanto, porém, é necessário que reinem paz e harmonia no lar.

Shalom Amigos! Receba Novidades Por email!

DIGITE SEU EMAIL

Após a inscrição confirmar na sua caixa o e-mail recebido !

 
© 2009 BEIT ITABUNA