Congregação Israelita Beit Itabuna - BA: ט״ו בשבט - Tu B'Shevat

ט״ו בשבט - Tu B'Shevat

Tu B’Shevat

Ano Novo das Árvores

Quando foi a última vez que você desejou Feliz Ano Novo a uma árvore?
O 15º dia do mês hebraico de Shevat é uma grande oportunidade; é conhecido como Tu B’Shevat, o Ano Novo das Árvores.
Por que as árvores celebram seu Ano Novo tão depois do nosso?
Isso tem a ver com a estação chuvosa em Israel, que começa com a Festa de Sucot. São necessários quatro meses para as chuvas saturarem o solo, nutrir as árvores e levá-las a produzir frutos. Na época do Templo Sagrado de Jerusalém o povo judeu levava seu dízimo de frutas.
A Torá afirma: “O homem é uma árvore do campo.” Somos nutridos por raízes profundas, que datam a Avraham e Sarah; atingimos o alto na direção dos céus enquanto temos os pés firmemente plantados no solo; e quando fazemos tudo isso com retidão e emuná, fé sincera, produzimos frutos que beneficiam o mundo – ou seja, nossas boas ações.
Costumes:
Nesta data costuma-se consumir algumas daquelas frutas pelas quais Israel é famosa: lembre-se da palavra FRUTA (figo, romã, uva, tâmaras e azeitonas.
Recite a bênção sobre a fruta:
“Baruch Atá A-donai, Eloheinu Melech Ha’Olam bore pri há-etz.”
Bendito és Tu, Eterno nosso D’us, Rei do Universo, que cria o fruto da árvore.
Ao saborear pela primeira vez um fruto da estação, recite a bênção “Shehecheyanu” antes da bênção da fruta:
“Ba-ruch A-tá Ado-nai E-lo-hei-nu Me-lech Ha’olam she-heche-ya-nu ve-ki-yi-má-nu ve-higi-a-nu liz-man há-zeh”.
Bendito seja, Eterno nosso D’us, Rei do Universo, que nos concedeu vida, nos susteve e nos permitiu chegar a essa ocasião.
Alguns têm o costume de comer alfarroba. O mestre cabalista Arizal comia quinze tipos de frutas neste dia!
 
 
 

Tu Bishvat

O Ano Novo das Árvores

Tu B'Shevat, 15 de Shevat no Calendário Judaico - celebrado este ano na quarta-feira 8 de fevereiro de 2012 - é o dia que assinala o início do "Ano Novo das Árvores". Esta é a estação na qual as primeiras árvores a brotar na Terra de Israel emergem do seu sono de inverno e iniciam um novo ciclo de produção de frutas.
Legalmente, o "Ano Novo das Árvores" se relciona aos vários dízimos que são separados da produção cultivada na Terra Santa. Esses dízimos diferem de ano para ano no ciclo Shemitá de sete anos; 15 de Shevat é o ponto no qual um fruto em botão é considerado como pertencendo ao ano segunte do ciclo.
Celebramos o dia de Tu B'Shevat comendo frutas, especialmente as espécies que são destacadas na Torá em seus louvores à fartura da Terra Santa: uvas, figos, romãs, azeitonas e tâmaras. Neste dia lembramos que "o homem é uma árvore do campo" (Devarim 20:19) e refletimos sobre as lições que podemos extrair de nossa analogia botânica. 
 
 
Fonte:
 http://www.pt.chabad.org/library/article_cdo/aid/1124562/jewish/Tu-BShevat.htm

Shalom Amigos! Receba Novidades Por email!

DIGITE SEU EMAIL

Após a inscrição confirmar na sua caixa o e-mail recebido !

 
© 2009 BEIT ITABUNA