Congregação Israelita Beit Itabuna - BA: Parashá Vayêshev - Genesis 37:1-40:23

Parashá Vayêshev - Genesis 37:1-40:23


A Parashá Vayêshev inicia descrevendo o grande amor de Yaacov por seu filho Yossef, o que acaba provocando o ódio de seus irmãos. O ciúme deles cresce quando Yossef lhes conta os dois sonhos que indicam que eles serão um dia subservientes a ele.

Yaacov envia Yossef para vigiar seus irmãos que estão guardando o rebanho longe de casa, e ao vê-lo se aproximar, planejam matá-lo. Reuven convence os irmãos a não matarem Yossef, mas é incapaz de salvá-lo totalmente quando os irmãos vendem Yossef como escravo no Egito. Após mergulhar o casaco de Yossef em sangue, eles voltam ao pai, que acredita que seu amado filho foi morto por um animal selvagem.

A Torá faz uma digressão para relatar a história de Yehudá e sua nora, Tamar.

A narrativa volta-se então para Yossef no Egito, onde se torna um escravo que obtém sucesso e é encarregado dos negócios da família de seu amo Potifar. A esposa de Potifar tenta de todas as formas seduzir Yossef, que resiste sempre ao assédio. Ao sentir-se recusada, ela grita dizendo que ele tentou violentá-la.

Yossef é jogado na prisão onde novamente é alçado a uma posição de liderança, desta vez ficando encarregado dos prisioneiros. Dez anos depois, o mordomo chefe do faraó e o padeiro são jogados na mesma prisão. Certa noite eles têm um sonho intrigante, que Yossef interpreta de forma acurada, e a porção conclui quando o mordomo retorna a seu cargo antigo e o padeiro é executado, como Yossef havia predito.

 http://www.pt.chabad.org

Shalom Amigos! Receba Novidades Por email!

DIGITE SEU EMAIL

Após a inscrição confirmar na sua caixa o e-mail recebido !

 
© 2009 BEIT ITABUNA